folia de reis

A Folia de Reis é uma das mais importantes e recorrentes manifestações da cultura tradicional no Brasil. Em diversas partes do país, no período do natal, grupos de sanfoneiros, violeiros e instrumentistas peregrinam de casa em casa cantando e reencenando o fragmento épico do cristianismo popular que narra o nascimento do menino Jesus:

A chegada de três Reis Magos do oriente, perseguindo uma estrela cadente, teria anunciado o nascimento de Jesus Cristo, um novo rei. Vendo-se ameaçado, o rei titular, Herodes, mandou seus soldados perseguirem os três Reis Magos até a manjedoura onde nascera o menino Jesus, com o intuito de matar a criança. Entretanto, quando chegaram, os soldados se arrependeram de seu objetivo, converteram-se ao cristianismo e disfarçaram-se com máscaras feitas com couro de cabrito pela Virgem Maria. Disfarçando-se de palhaços mascarados, os soldados distraíram a multidão com danças e galhofas, facilitando a fuga dos Santos Reis e da Sagrada Família.

A partir desta narrativa, tornou-se tradicional, na maioria das companhias de Folia de Reis do país, a presença de palhaços. Em cada região do país, ou até mesmo em cada grupo, os palhaços têm estilos, indumentárias e atitudes muito diferentes.

Mas, nas Folias de Reis, em todas elas, os palhaços são figuras extremamente importantes.

miracema2_-_folia_de_reis_-_gerci_silva_(terno_branco)_-_09.12.2013_-_fotos_tasso_marcelo

Fotografia: Tasso Marcelo

Por terem sido os míticos soldados de Herodes, agora convertidos e disfarçados, os palhaços foram associados a entidades satânicas, à animalidade e às forças da natureza que representam o eterno equilíbrio dual entre o bem e o mal. Por isso, utilizam máscaras cujos elementos animalescos (chifres, dentes afiados, língua para fora, entre outros), têm caráter grosseiro e diabólico. Muitas vezes, os palhaços da chula são também associados a Exu, entidade originária de religiões de matriz afro-brasileira.

Tradicionalmente, nas Folias de Reis (principalmente no Espírito Santo e no sul dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais), os palhaços executam a ‘chula, dança de desafio formada por um conjunto de movimentos espalhafatosos com saltos, giros e acrobacias – em alguns casos entremeados por versos – depois da execução das rezas e cânticos dentro das casas dos convivas (a cujo interior os palhaços são proibidos de entrar).

A DUAL está criando um novo espetáculo, CHULOS, baseado nos palhaços das Folias de Reis, que estreia em julho de 2017. Fomos acompanhar as jornadas de algumas Folias a (Jornada Estrela Sagrada e Leões de Judá, em Volta Redonda (RJ), e Folia do Zé Reis, em Diadema, SP) no final de 2016 e início de 2017.

 

textos relacionados

Rogerio-Paulino_As-Mascaras-dos-Palhacos

folia de reis

biblio_zaide_aracy_folia_de_reis (1)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s