do real mais que real

“Ao sair do real, saímos também do cotidiano, do tempo mensurável. Saímos do medo da morte que o tempo inexoravelmente nos traz. Ingressamos no espaço sem fim e sem tempo, onde não viemos do pó e ao pó regressaremos, porque sempre fomos e sempre seremos.” 
 
“Por trás de todas as histórias de casas assombradas com ventos que uivam e portas que rangem, há uma única e grandiosa história, a do pequeno ser humano enfrentando corajosamente sua finitude. E porque essa história se passa no espaço sem fronteiras do imaginário, a luta representa a própria razão de existência do ser.
Essa é a realidade  mais profunda, o real  mais que real.”
 
Trechos do ensaio real mais que real do livro Fragatas para Terras Distantes da escritora Marina Colasanti.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s